Aporte Março/2020

Chegou o primeiro dia útil do mês de março de 2020 e vamos realizar nosso aporte mensal. Deixo abaixo a tabela com os preços do fechamento de hoje (02/03/2020).

Aporte de março/2020

Relembrando as regras definidas no post do primeiro aporte (AQUI), vamos aportar R$ 2.000 + R$ 6,29 (dividendos fev/20, conforme visto neste post) + R$ 11,39 da sobra do caixa anterior, totalizando R$ 2.017,68).

Uma das regras é aportar nas ações mais descontadas da carteira. Veja que do item 5 a 20, todas estão negativas. Poderíamos escolher qualquer uma dessas, de preferência que tenha menos participação na carteira, como naquelas do item 9 a 20.

Outra regra que definidos foi a de aportar no máximo 1% do valor da carteira. Vamos colocar no máximo cerca de R$ 600 em cada ação, alocando então em 4 ativos.

Vou escolher aquelas que tiveram maior queda e que, quando voltarem à sua normalidade, trarão um bom valor para nossa carteira. São elas, na ordem: IRBR3, ABEV3, QUAL3, EZTC3. Veja que EZTC3 e QUAL3 tem praticamente a mesma queda, mas EZTC3 está com participação maior. Vou dividir R$ 600 em IRBR3 e QUAL3, R$ 400 em EZTC3 e ABEV3. Com isso todas essas passarão de 5% de participação na carteira.

Abaixo gosto de mostrar o registro dos aportes, juntamente com os emolumentos da B3. Perceba que ao realizar os lançamentos das compras a própria planilha já calcula o novo preço médio.

Compras Março 2020

Agora o preço médio das 4 ações compradas está mais baixo. Com isso, eventuais proventos a serem pagos representarão um percentual maior (Yield on Cost) em relação ao investimento em cada ação.

Veja agora como ficou nosso extrato ao final do aporte. Temos agora um saldo em caixa de R$ 2,34. Veja como o reinvestimento dos proventos é importante. Graças a ele conseguimos comprar 1 ação da ABEV3 juntando com o saldo anterior.

Extrato após aporte em março/2020

Veja abaixo como ficou nossa carteira SIMULADA após os aportes. As ações compradas agora têm uma participação maior na carteira. Novos preços médios também já estão automaticamente ajustados na planilha.

Carteira Após Aporte MAR/2020

CONCLUSÃO

Neste post de hoje demonstrei como deve ser simples o aporte. Se definirmos regras básicas teremos clareza no momento do aporte. O procedimento de compra em si é fácil. O registro é necessário e ajuda bastante.

Gosto sempre de relembrar, ao final de cada postagem, que as ações aqui divulgadas não são recomendações de compras. Elas fazem parte de um Método Didático de escolha de ações e Planejamento de Investimento visando a construção de uma Carteira Previdenciária.

Cada investidor deve se apropriar do conhecimento em si e aplicá-lo à sua própria estratégia que será definida e aperfeiçoada ao longo de sua caminhada financeira durante a vida inteira.

Abraço e até a próxima publicação!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *