Dividendos de Ações baseadas nos preços da queda de 2020

Estava aqui fazendo algumas simulações com alguns ativos e decidi verificar os possíveis dividendos destes ativos se eles fossem comprados nesta queda.

A tabela é esta a seguir:

Dividendos Circuit Braker

A metodologia que utilizei foi pegar os valores distribuídos conforme os demonstrativos financeiros das empresas em 2018 e 2019, dividir pela quantidade de ações (encontrando o provento por ação) e dividir pelo preço de ontem (para achar o Dividend Yield).

Com este método consigo imaginar qual seria o DY% de 2020 se eu comprasse estas ações ontem e se a empresa pagar o mesmo montante de 2019/2018 em proventos.

É claro que o investidor não pode olhar apenas o DY% para comprar uma ação. Este talvez seja um dos últimos itens a ser verificado.

Entretanto, se já tenho alguma dessas ações ou alguma delas já estava na minha mira de compra, o DY% pode dar uma incrementada no meu apetite por uma ou outra.

Foram excluídas as empresas que pagaram abaixo de 3% a.a. considerando o preço de ontem. Ou seja, se já está tudo bem mais barato que antes e nem assim a empresa conseguiu distribuir mais de 3% a.a., então retirei da análise (e nisso estavam incluídas algumas tops: WEGE e LREN).

Enfim, são apenas dados a serem analisados pelo investidor.

Gosto sempre de relembrar, ao final de cada postagem, que as ações aqui divulgadas não são recomendação de compra. Elas fazem parte de um Método Didático de escolha de ativos e Planejamento de Investimento visando a construção de uma Carteira Previdenciária.

Cada investidor deve se apropriar do conhecimento em si e aplicá-lo à sua própria estratégia que será definida e aperfeiçoada ao longo de sua caminhada financeira durante a vida inteira.

Abraço e até a próxima publicação!

2 comentários em “Dividendos de Ações baseadas nos preços da queda de 2020”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.